O Center for World University Ranking, CWUR[1], surgiu em 2012, com o objetivo de classificar as melhores universidades do mundo. Em 2022, foram avaliadas mais de 2.000 universidades mundiais. Entre essas, 56 eram brasileiras, dentre as quais 40 universidades federais. Os indicadores adotados são:

  • Qualidade da educação: com peso 25%, mensurada pelo número proporcional de estudantes que ganharam grandes distinções acadêmicas;
  • Empregabilidade discente: com peso 25%, mensurada pelo número proporcional de estudantes que tiveram posições executivas de destaque nas maiores empresas mundiais;
  • Qualidade docente: com peso 10%, mensurada pelo número de docentes que ganharam grandes distinções acadêmicas;
  • Desempenho em pesquisa: com peso 40%, mensurado por quatro indicadores:

Produtividade: 10%, medida pelo número total de publicações;
Publicações de alta qualidade: 10%, medida pelo número de publicações nos melhores periódicos;
Influência: 10%, medida pelo número de publicações em periódicos altamente influentes;
Citações: 10%, medida pelo número de publicações altamente citadas.

A UnB apareceu no CWUR a partir de 2014, na 894ª posição mundial. Em sua última versão, em 2022, a universidade subiu para a 852ª colocação. A evolução completa está na tabela abaixo. 

No cenário nacional, a UnB está entre as quinze primeiras universidades do país, em 2021, conforme pode ser visto no gráfico abaixo. Entre as instituições federais de ensino superior, a UnB classificou-se em 8º lugar.

 

 


[1] https://cwur.org/